Semasa adquire geradores de energia

“A partir do instante em que entrarem em operação, os geradores de energia vão amortizar o investimento feito, em apenas dois anos, e a partir de então darão lucro. Este é um bom exemplo de que se trabalhando com planejamento consegue-se eficiência e economia.” Elizeu Mattos

201304181839061

A fim de garantir maior confiabilidade ao sistema de captação e tratamento de água, a Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa) acaba de adquirir cinco geradores de energia movidos a óleo diesel. O investimento é de aproximadamente R$ 1 milhão e vai impedir a paralisação do sistema, mesmo que ocorram problemas de fornecimento de energia pelas Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).
Os dois primeiros geradores chegaram à sede da Semasa, localizada no bairro Popular, na tarde desta quinta-feira (18) e deverão entrar em operação nos próximos 15 dias. “Aqui serão instalados três geradores que serão responsáveis por garantir o fornecimento de energia ao sistema de tratamento da água e da distribuição para os reservatórios espalhados pela cidade”, informa o secretário da Semasa, Benjamin Schultz, lembrando que os outros dois geradores serão colocados no local de captação da água.
Segundo o secretário, os equipamentos serão utilizados em duas situações específicas: toda vez que houver interrupção de energia fornecida pela Celesc, e principalmente nos horários de pico quando o custo de energia é mais caro. O prefeito Elizeu Mattos ressaltou que com a utilização dos geradores, somente nos horários de pico, a economia na conta de luz permitirá que em dois anos eles se paguem e a partir de então se transformem em fonte extra de recursos para a Semasa.
“A partir do instante em que entrarem em operação, os geradores de energia vão amortizar o investimento feito, em apenas dois anos, e a partir de então darão lucro. Este é um bom exemplo de que se trabalhando com planejamento consegue-se eficiência e economia”, afirma Elizeu, frisando que a aquisição dos geradores faz parte das ações programadas para tornar a Semasa mais eficiente e melhorar a qualidade dos serviços prestados para a população.
Com relação aos geradores que serão instalados na captação, Benjamin Schultz revelou que atualmente está sendo construída a base onde serão colocados e esta fase dos trabalhos devem durar cerca de 30 dias. “Temos que fazer a base para os dois equipamentos cerca de três metros acima do nível do solo, de maneira que fiquem protegidos quando ocorrerem enchentes na região”, disse. Já os técnicos da empresa fabricante dos geradores, a Nema Energy, de Rio do Sul, informaram que os demais equipamentos já estão prontos e tão logo sejam autorizadas suas instalações, começam a funcionar em no máximo 15 dias.